COMUNICADO

O Automóvel Club de Portugal, juntamente com a Federação Internacional do Automóvel (FIA), associa-se às comemorações do Dia Mundial em memória das vítimas da estrada, estendendo também essa evocacão aos familiares e amigos dos que perderam a vida em acidentes rodoviários.


Todos os anos morrem 1,3 milhões de pessoas e 50 milhões ficam feridas em acidentes na estrada. Os números são demasiadamente lesados para nós deixarem indiferentes.

Este ano, este dia de memória tem como foco de atenção o excesso de velocidade, um dos maiores causadores de acidentes com vítimas em todo o mundo.

Não podemos deixar que a situação se mantenha. É fundamental termos tolerância zero ao excesso de velocidade.

Todos os clubes automóveis da Federação Internacional do Automóvel e o ACP, enquanto membro fundador da Federação, apelam aos governos de todo o mundo para que apertem as regras e a fiscalização contra o excesso de velocidade.

Corridas automóveis só dentro das pistas e sob condições de segurança muito apertadas.

Lisboa, 16 de novembro de 2014

16/11/2014

Politica de Utilização de Cookies

Este site utiliza Cookies de acordo com a política em vigor. Ao navegar em acp.pt estará a consentir a utilização dos Cookies. Saber mais