O Concelho de Bragança, tal como praticamente todos os concelhos do País, foi ocupado por vários povos, tendo sido inicialmente ocupado por povos castrejos a que se seguiram os romanos, sofrendo as alterações preconizadas pelo ocupante. Passou pela ocupação árabe, pelas lutas entre o Condado Portucalense e os vizinhos de Leão, Castela, até à consolidação da nacionalidade e à posterior reconquista cristã.
Hoje Bragança conserva e preserva muito do que foi sendo construído ao longo dos séculos.

O Castelo de Bragança foi construído no séc. XII, para proteger a povoação, reconstruída, após as lutas que tinha travado e que, infelizmente não ficaram por aí – os exércitos muçulmanos atacaram toda a região, até que foram sendo “empurrados” para sul, por D. Afonso Henriques.
D. Sancho I ordenou o repovoamento da região, bem como a reconstrução de casas e fortalezas. Posteriormente D. Dinis, devido ao aumento populacional, mandou que fosse construído um outro pano de muralhas, tendo os melhoramentos continuado, mas também as disputas entre Portugal e os vizinhos Leão e Castela.
Mais tarde, após o casamento de D. Afonso, filho de D. João I e da filha de D. Nuno Álvares Pereira, D. Beatriz, teve início a famosa e duradoura Casa de Bragança, ligando a cidade com a importante linhagem da nobreza Portuguesa que teve mais tarde papel preponderante na Restauração da Independência.


Veja aqui toda a Informação

06/11/2015

Fds

Politica de Utilização de Cookies

Este site utiliza Cookies de acordo com a política em vigor. Ao navegar em acp.pt estará a consentir a utilização dos Cookies. Saber mais