Nasser Al-Attiyah resolveu primeira parte da maratona

O piloto do Qatar levou a Toyota à vitória e reforçou a liderança para Peterhansel, que continua a ser o seu maior obstáculo.

Nasser 4

Para os automóveis, a 4ª etapa ligou Arequipa a Tacna, com uma especial cronometrada de 405 km. Nesta primeira parte da etapa maratona, onde os concorrentes não contam com a habitual assistência no final do dia, Al-Attiyah percebeu que tem em Peterhansel o seu principal adversário e o grande entrave a um domínio que tem vindo a desenhar aos comandos da Toyota Hilux. Nasser ganhou 1m52 a Peterhansel, deixando a restante armada Mini a distância considerável. Przygonski foi 3º a 8m32 e Nani Roma o 4º a 8m49. Quanto a Sebastien Loeb, em Peugeot 3008 DKR não desiste de lutar pela vitória, tendo registado o 5º tempo do dia, mas já a 12m23 do vencedor.

Antes da partida para a segunda metade da maratona, a liderança de Nasser Al-Attiyah conta agora com 8m55 de vantagem para Peterhansel, com os restantes Mini já um pouco mais longe. Nani Roma é agora o 3º classificado já a 20m51, com Przygonsky no 4º posto a 22m17 e Yazeed Al Rahji a fechar o “top 5” a 24m59 de diferença para Nasser, que continua a manter à distância 4 carros da Mini X-Raid, mostrando o seu excelente momento de forma e a resistência da Toyota Hilux. Depois desta perseguição dos Mini à Toyota líder, está Sebatian Loeb no 6º lugar a 50m22 de Nasser. O português Filipe Palmeiro, a navegar o Mini de Boris Garafulic, já está no 9º lugar da geral, tendo sido também o 9º na etapa de hoje.

Na categoria SxS, agora liderada pelo russo Sergei Kariakin, o português Miguel Jordão, acompanhado pelo brasileiro Lourival Roldan conseguiu o 6º lugar na etapa e é agora o 7º da geral. Ricardo Porém e Jorge Monteiro alcançaram a 10ª posição do dia, ocupando o 10º lugar da classificação geral, depois de concluídas 4 etapas do Dakar 2019.

scroll up