Sunderland vence depois de parar para ajudar Gonçalves

|AUTOCLUBE

O britânico foi o grande vencedor do dia, batendo tudo e todos mesmo com o tempo que perdeu para ajudar Paulo Gonçalves, que sofreu queda.

Sunderland 01

Sam Sunderland foi o piloto do dia entre o pelotão das duas rodas. Terceiro à partida para esta segunda parta da Etapa Maratona, o britânico começou a tirada de hoje logo a perder terreno. E depois disso o piloto da KTM ainda parou para ajudar Paulo Gonçalves, que sofreu uma queda, e ficou com o português durante pelo menos dez minutos.

Assim que a assistência da prova chegou ao pé do luso, Sunderland regressou à prova, mas acabou sempre por passar em todos os controlos de passagem muito atrasado. Contudo, e como é usual no Dakar, o tempo que o britânico perdeu enquanto esteve a prestar auxílio a Paulo Gonçalves foi-lhe retirado, o que lhe permitiu assinar o melhor tempo ao cabo dos 345 cronometrados propostos para esta sexta-feira.

Com isto, Xavier de Soultrait teve de se contentar com o intermédio do pódio. O gaulês chegou a estar classificado como vencedor, mas com a organização de descontar o tempo que Sunderland esteve parado, o resultado final deixou o piloto da Yamaha com um atraso 3:23s para o inglês.

A fechar o Top 3 de hoje ficou Matthias Walkner. O austríaco fez uma tirada conservadora e só na segunda metade da etapa é que logrou entrar no Top 10, continuando a subir várias posições, mas acabou por ficar em terceiro a meros nove segundos de Soultrait.

Enquanto isso, Paulo Gonçalves viu-se forçado a dizer adeus ao Dakar. O piloto da Honda, que era o melhor português em prova, sofreu uma queda aparatosa ao cabo de 155 km da qual resultou, segundo a organização, uma lesão leve na cabeça e possível fratura na mão.

Assim, Mário Patrão é agora o melhor piloto luso entre as duas rodas. O piloto da KTM é 21º da geral (+1:52:45) depois de ter terminado a especial com a 29ª marca. Joaquim Rodrigues, que foi 18º hoje, ocupa o 28º posto da geral, enquanto António Maio fecha o Top 30 depois de garantir o 27º registo na especial.

scroll up