O conforto a bordo é essencial e também tem os seus segredos

|AUTOCLUBE

Posição de condução, suspensão e bancos adequados podem fazer milagres. A Opel explica o conforto com o Grandland X.

Opel Grandland_X_Abertura

Não é só em viagens longas que o conforto de um automóvel é testado de forma exaustiva. Em pequenos percursos citadinos, percorridos por diversas vezes, é essencial contar com o apoio de um veículo que minimize as constantes agressões a que o condutor e restantes passageiros estão sujeitos. Para que tudo se possa aproximar do perfeito, é necessário conjugar uma série de fatores, essencialmente, se o utilizador passa por um momento de mobilidade reduzida.

A altura ao solo é um dos fatores determinantes para entrar e sair de um automóvel. Essa é seguramente uma das razões porque os SUV estão tanto na moda, com uma acessibilidade muito mais simpática para entrar ou sair de veículo. Arranjar facilmente uma posição de condução adequada a cada condutor, é outro dos trunfos essenciais para o conforto, que com a regulação elétrica do banco do condutor se torna ainda mais fácil. A suspensão do veículo ajuda e muito, mas um dos fatores essenciais são os bancos que dão o toque final para que o percurso possa ser quase perfeito.

Um dos exemplos deste equilíbrio tão necessário ao conforto do dia a dia, é o Grandland X, o novo SUV da Opel que consegue sublinhar estes dotes de conforto, ainda mais quando aliados a uma muito útil e eficaz transmissão automática. Neste caso concreto, um dos segredos para o conforto que a marca faz questão de salientar, são os bancos ergonómicos com múltiplas regulações, que até contam com selo de aprovação de especialistas alemães em ergonomia. Um equilíbrio praticamente perfeito para quem procura mais conforto ao volante, nem que seja por um pequeno período de tempo.

O conforto a bordo não é uma obsessão dos últimos tempos, embora seja uma exigência plenamente compreensível. A celebrar 120 anos de produção automóvel, o conforto tem longa tradição na Opel. O novo Grandland X Ultimate, disponível com motores 1.2 Turbo (130 cv) a gasolina,1.5 Turbo D (130 cv) e 2.0 Turbo D (177 cv) a gasóleo, oferece de série bancos ergonómicos forrados a couro e tecido, certificados pela agência alemã AGR. Além de proporcionarem excelente apoio lateral, estes bancos permitem múltiplas regulações, incluindo o apoio extensível para pernas e a almofada pneumática do apoio lombar. Os bancos AGR do Opel Grandland X podem ser forrados a couro. Nesta versão, disponível em opção por 1900 euros, os bancos dianteiros passam a apresentar também regulações elétricas e ventilação. Para garantir máximo conforto no inverno, os bancos dianteiros e traseiros, e o volante, possuem aquecimento.

scroll up