Bird vitorioso no calor de Santiago do Chile

Sam Bird foi quem melhor lidou com as elevadas temperaturas que se fizeram sentir na terceira jornada da Fórmula E.

formulaE 1200

Sam Bird, da Envision Virgin Racing, foi o mais forte na mista do Parque O’Higgins, com o estreante Pascal Wehrlein, da Mahindra Racing, logo atrás e a relegar Daniel Abt, da Audi Sport Abt Schaeffler, para o mais baixo do pódio.

O homem da pole, Sebastien Buemi, foi o primeiro a liderar, enquanto Bird tratou de imediato de passar Abt.

Pouco depois, Tom Dillmann (NIO) ficou parado na pista devido aos danos sofridos depois de bater em destroços que estavam na pista.

Quem também não teve sorte foi Andre Lotterer, que bateu no colega de equipa, o que acabou por prejudicar também António Félix da Costa e Jean-Eric Vergne, que caíram para 20º e 21º, respetivamente.

A 30 minutos do final Buemi liderava a corrida, com Bird já em segundo e Pascal Wehrlein em terceiro, isto enquanto praticamente todo o pelotão de 22 carros lutava roda com roda pelas melhores posições ao longo das ruas de Santigado. De tal forma que a 25 minutos do fim a corrida ficou sob bandeiras amarelas após o carro de Max Guenther ter ficado parado na pista.

No reatar da corrida Bird e Buemi lutaram lado a lado na frente do pelotão, enquanto Stoffel Vandoorne perdeu o controlo do monologar à saída da Curva 3, o que levou a novo período de bandeiras amarelas.

Já Wehrlein continuava a lutar pela terceira posição e mantinha-se perto de Bird e do líder da corrida Buemi. Uma excelente forma de compensar a fraca estreia em Marrocos, onde correu apenas durante alguns minutos.

A 15 minutos do final Buemi falhou a chicane e danificou a frente do carro, o que colocou ponto final na aspirações pelo pódio. Pouco depois era a vez do Campeão em título Jean-Eric Vergne desistir na sequência de um pião na Curva 3, tal como Félix da Costa.

Por essa Altura Sims subia a terceiro, atrás de Wehrlein e Bird, enquanto a luta no meio do pelotão continuava ao rubro entre Robin Frijns, Edoardo Mortara, Mitch Evans e Andre Lotterer.

Minutos depois a corrida terminava após um ataque do estreante Wehrlein que o levava ao segundo posto atrás de Brid e à frente de Daniel Abt.

scroll up